Felicidade em uma Fórmula Simples

Felicidade em uma Fórmula Simples

Apesar da definição que todos temos em comum, de que a felicidade se consegue através do dinheiro, saúde, amor, viagens, etc, prefiro a linha que acredita que este ‘estado zehn e perene’  que tanto procuramos seja, pelo contrário, um processo 100% individual e interno. Explico: O dinheiro traz felicidade? Para as pessoas equilibradas moral e emocionalmente, ele  traz maiores possibilidades de diversão, mais bens materiais, mas também pode trazer no ‘pacote’ para os mais despreparados, o stress, a ansiedade, o conflito e a insegurança.

Veja, a abundância é um direito divino que nos confere, e é mais do que louvável que pensemos assim, a riqueza nos proporciona sim muitas alegrias, porém rasas e passageiras, e isto nada tem a ver com o conceito que estamos procurando, é como comparar maçã e alface. Felicidade x Dinheiro são  coisas que devem ser separadas.

O que é a felicidade então? Você já viu ou leu sobre aquelas estórias em que a pessoa dá a volta ao mundo a procura da felicidade, mas ao final da viagem descobre que tudo o que ela mais precisava estava dentro dela mesmo? Pois bem, a felicidade começa com uma jornada interna de auto-conhecimento. Desde que nascemos, somos bombardeados por informações, regras sociais, influências familiares e de amigos, que nos fazem perder totalmente a noção de quem realmente somos e quais são nossos desejos reais.

Inconscientemente, emprestamos os sonhos dos outros por inúmeras razões e acabamos por viver uma vida falsa e infeliz. O primeiro passo então é fazer um mergulho interno para o seu próprio resgate. Nessa jornada, você terá a missão de se livrar de tudo o que não é seu e encontrar a sua verdadeira essência. Para isto, você vai ter que literalmente  se despir das regras e convenções aprendidas, olhar as coisas com o seu senso crítico, tirar as suas próprias conclusões para finalmente descobrir quem você realmente é.

O segundo passo é aceitar este ‘eu’ que você acabou de conhecer, e amá-lo. Você é um ser único, cheio de virtudes e imperfeições assim como o resto da humanidade, então vá até o espelho, e enxergue a sua alma através de seus olhos. Você é esta pessoa e pronto! A partir de agora sim você poderá começar a trabalhar e fazer os seus ajustes internos para tonar-se uma pessoa cada vez melhor.  Antes disso, seria impossível, não havia lugar para o crescimento.

Como podemos nos desenvolver sem a aceitação de quem somos e saber quais os nossos valores, interesses e imperativos internos?

Na próxima etapa, a palavra chave é: Sincronicidade. Você começará a aplicar a sua essência pouco a pouco em sua vida, começando pelos seus pensamentos, depois ações, até o ponto em que você viverá em total consonância consigo mesmo. Feito! As engrenagens estão todas em seus devidos lugares e tudo flui livremente a seu favor. Tudo terá a sua cara: a maneira como você se veste, a sua casa, o seu trabalho será o melhor do mundo, pois você o selecionou a partir de suas descobertas e convicções, suas escolhas amorosas, você perceberá a este ponto do caminho que as coisas fazem muito mais sentido.

A saúde, o amor, o dinheiro e tudo o mais que deseja no fundo de sua alma acontecerão naturalmente em seu caminho por serem a estensão de sua autenticidade e a ‘recompensa’ pela jornada bem sucedida. Porém, lembre-se de sempre manter o foco e comprometimento em tudo o que faz para que possa transicionar entre os inevitáveis ciclos de altos e baixos da vida da melhor forma possível. Encare-os como aliados de seu crescimento pessoal e agradeça!

A fórmula então é simples: Jornada Interna + Resgate + Aceitação do Eu Interior + Aplicação da Essência + Sincronicidade e Autenticidade + Foco + Gratidão = Felicidade. Simples? Sim. Fácil? Mais ou menos. Mas quem nos disse que a vida seria 100% fácil? Mãos à obra!

Receba nosso e-book “100 Atitudes que podem te fazer feliz” gratuitamente preenchendo o formulário abaixo:


Se você gostou, curta a nossa página no botãozinho abaixo. Se acha que poderá ajudar a alguém, compartilhe com seus amigos nas redes sociais. E se você tem uma experiência pertinente a este assunto que queira compartilhar conosco, escreva nos comentários. Vamos adorar ouvir sua história pois ela pode servir de exemplo para milhares de pessoas! Um grande abraço! 🙂


Share This:

Comentários

comentários